Resident Evil 4: Remake - Divergências Criativas no desenvolvimento podem atrasar lançamento

22/1/21

Ontem (22) foi o dia em que os fãs da franquia Resident Evil foram agraciados com Resident Evil Showcase, um evento voltado para celebrar os 25 anos de uma das marcas mais rentáveis da Capcom e muitas coisas foram reveladas não só sobre Village que dá sequência à Resident Evil 7, mas também novos modos de jogo, parcerias e até mesmo um pequeno teaser do próximo filme em CG desenvolvido e distribuído pela Netflix.

Mas infelizmente os fãs que esperavam a revelação de alguma informação sobre o Remake de Resident Evil 4 acabaram frustrados, pois após grande parto de evento ser para mostrar as familiaridades que Resident Evil: Village possui com o quarto título, não tivemos nenhuma pequena revelação ou esclarecimentos sobre o processo de desenvolvimento do game.

Antes de continuar, confira nossa Caneca oficial com design exclusivo.

A justificativa pode estar relacionada à um vazamento que indica alguns problemas que a Capcom está sofrendo no processo de desenvolvimento de Resident Evil 4: Remake e que pode ser um obstáculo significativo neste processo.

O relatório da VGC revela que a Capcom está passando por diferenças criativas no desenvolvimento de RE4 e que a M-Two, estúdio por trás da revitalização de Resident Evil 3: Remake estaria liderando o desenvolvimento de Resident Evil 4, porém após as críticas ao terceiro jogo, a participação do estúdio foi reduzida drasticamente.

Um outro grande fator que levou à Capcom a reduzir a participação da M-Two e trirá-la da liderança do projeto é que o jogo passou por uma revisão no último ano e a Capcom não teria gostado do rumo que Resident Evil 4 estaria tomando, portanto retirar a responsabilidade e autoridade da empresa e regressar alguns passos para realizar correções podem atrasar o lançamento do jogo.

A M-Two ainda está ajudando no desenvolvimento do Remake, mas agora sob a supervisão de Division 1, um dos estúdios internos da Capcom que irá encabeçar o processo criativo do jogo.

Dentre as diferenças criativas apontadas, a Capcom quer que Resident Evil 4 seja reconstruído a partir do jogo original com pequenas adições de história e mudanças enquanto o jogo é refeito em cima de sua base original, já a M-Two planejava reiniciar o jogo do zero, o que demanda mais tempo e dinheiro da empresa.

Resident Evil 4: Remake estaria previsto para chegar ao mercado em 2022, porém após mudanças internas sofridas pela Capcom e a alteração de estúdio na liderança do projeto, o game não deverá sair antes de 2023, o que irá forçar a empresa a tentar aumentar a vida útil de Resident Evil: Village ou até mesmo do modo multiplayer RE: Verse.

Felizmente o histórico dos remakes anteriores indica que não devemos nos preocupar até o momento, já que Resident Evil 2: Remake e Resident Evil 3: Remake passaram por mudanças semelhantes, porém dentre os resultados apresentados, tivemos um aclamado pela crítica e público e outro destacando-se negativamente pelas mudanças na estrutura de Nemesis (que muda de forma para ficar mais poderoso, ao invés de ficar mais forte e deteriorado conforme seus embates com Jill) e mudanças no cenário que era um "mundo semi-aberto", industrial e urbano para um jogo linear com uma aparência mais laboratorial e hospitalar.

De qualquer forma, Resident Evil: Village será lançado em 7 de maio para PlayStation 4, Xboxm One, PlayStation 5, Xbox Series X/S e PC.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes