Nos bastidores de Cyberpunk 2077: Ameaça de Processos e Clima tenso entre Devs e CDPR

21/12/20

A novela de Cyberpunk ainda está acontecendo e a situação da CD Projekt Red, desenvolvedora do game não parece ter melhorado após assumir a culpa e garantir reembolso aos usuários.

Inicialmente, a péssima recepção do game por parte dos jogadores que possuem PlayStation 4 e Xbox One causaram grande transtorno à empresa que acabou sendo alvo de piadas e chegou a perder 30% de seu valor de mercado, chegando a um prejuízo de US$ 1 Bilhão. Em seguida, um grande golpe no valor e reputação da CD Projekt Red foi a retirada de Cyberpunk 2077 da PlayStation Store e a adição de um alerta na Xbox Games Store dizendo aos usuários que o jogo não estaria pronto resultando em mais 16% na queda do valor da empresa que no começo do ano era a mais valiosa da Europa.

A CD Projekt Red está tentando fazer as pazes com o público e recuperar a credibilidade com os investidores, porém o clima esquentou entre a empresa e seus desenvolvedores que a acusam de não ter sido honesta com os consumidores desde o início do ano, a declaração foi publicada pelo portal Bloomberg, um dos maiores nomes em tecnologia e mercado financeiro, na ocasião, além de denunciar a falta de honestidade da empresa polonesa, o desenvolvedor ainda chamou a CDPR de hipócrita, por ter atitudes parecidas com as corporações que representam "os vilões" de Cyberpunk 2077.

“Um funcionário perguntou à diretoria por que foi dito em janeiro que o jogo estava ‘completo e jogável’ quando isso não era verdade, no que a diretoria respondeu que tomaria responsabilidade, outro desenvolvedor perguntou se os diretores da CD Projekt Red achavam hipócrita fazer um jogo sobre exploração corporativa enquanto esperavam que seus funcionários trabalhassem horas extras. A resposta foi vaga e descompromissada.”

Isso chamou a atenção dos investidores da empresa que ficaram alertas sobre as declarações e posições da CD Projekt Red e o resultado disso foi uma reportagem do The New York Times que mostrava um comunicado do escritório Wolf Haldenstein Adler Freeman & Herz LLP à imprensa em que os advogados estadunidenses diziam que comparando as ações de marketing e declarações da empresa com o produto final apresentado “pode ter emitido informações materiais enganosas a seus acionistas e ao público investidor”.Em Varsóvia advogados também chamaram estas ações de “deturpação para receber benefícios financeiros.”

Se a CD Projekt Red não recuperar sua credibilidade e confiança dos investidores e clientes, processos poderão ser movidos contra a empresa que atualmente não se encontra em uma boa posição e um processo coletivo poderia de vez colocá-los em uma situação quase impossível de reversão.

A CD Projekt Red ainda não fez uma declaração oficial sobre as ameaças de processos e nem se pronunciou sobre as falas de seus desenvolvedores, mas diz estar trabalhando em atualizações para refinar o jogo nos consoles de base e melhorar a experiência dos jogadores até fevereiro de 2021.

Cyberpunk 2077 segue disponível para PlayStation 4, Xbox One, Google Stadia e PC. O game poderá ser resgatado gratuitamente quando as versões de PlayStation 5 e Xbox Series S/X forem lançadas, por enquanto o jogo está disponível nas plataformas via retrocompatibilidade.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes