Holocausto Canibal: Jogo baseado no filme anunciado

17/11/20

Ao longo da história do gênero de terror, houve poucos filmes tão famosos quanto o Holocausto Canibal. Lançado em 1980, o filme de terror italiano foi pioneiro no subgênero "found footage" (ou terror encontrado, que é uma encenação como se uma gravação amadora tivesse sido encontrada e então divulgada, assim como A Bruxa de Blair ou Atividade Paranormal).Para quem não conhece a polêmica história do filme, ele chegou a ter seu lançamento barrado nos EUA sob a acusação de ser um Filme Snuff (filme gravado com cenas reais) e o diretor teve que apresentar os atores no tribunal para provar que realmente estavam vivos, o que além de ressaltar a natureza gráfica do filme, serviu como uma espécie de marketing para a obra. O filme é realmente o segundo de uma série criada pelo diretor Ruggero Deodato, imprensada entre o Junhle Holocaust de 1977 e Cut and Run de 1985.Em 2020, será lançada uma quarta parcela da série, na forma de um novo jogo do Fantastico Studio. O jogo contará com o envolvimento direto de Deodato, que vê o jogo como uma oportunidade para apresentar um novo público aos temas e conceito de seus trabalhos anteriores. Segundo o Fantastico Studio, o título será um jogo de aventura gráfica, com uma inclinação de horror.No jogo feito na engine Unity, os jogadores assumem o papel de vários personagens, pois é revelado o que leva cada uma dessas pessoas às selvas de Bornéu. Os jogos de terror tendem a ter um ritmo mais rápido, enquanto os jogos de aventura gráfica são frequentemente mais lentos, à medida que os jogadores trabalham para resolver os quebra-cabeças do jogo. Então, será interessante ver como esses dois gêneros se misturam.https://www.youtube.com/watch?v=lHjW-n4P3zkIndependentemente disso, o Holocausto Canibal é uma escolha fascinante para um videogame. Afinal, o filme ganhou mais do que a controvérsia que o cerca; sua representação de povos indígenas há muito tempo é vista como racista, apesar de o filme ser uma crítica ao sensacionalismo da mídia. Em um comunicado à imprensa, Ruggero Deodato falou sobre o próximo jogo e as novas possibilidades que os videogames oferecem.

“Experimentar é uma das coisas que considero mais fundamentais neste campo. O que realmente me interessa é me testar, tentar algo novo. Talvez seja por isso que esperei tanto tempo para voltar ao mundo da selva e dos canibais. Na época, fomos à selva, moramos com os nativos, mostramos ao público uma realidade que eles nunca poderiam ter experimentado e entendido pessoalmente. Hoje, em vez disso, existem dezenas de documentários e filmes que mostram a vida e a natureza desses lugares, e para mim o tema perdeu seu apelo. Conhecer os caras do Fantastico Studio me ofereceu a oportunidade de voltar a essas atmosferas, a esses temas, mas tentar algo novo: contaminar meu mundo com a linguagem dos videogames é um novo desafio, tornar a história interativa abre muitas novas possibilidades e espero que também ajudará a aproximar os jovens do meu universo narrativo. "

Cannibal Holocaust está programado para ser lançado no PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, celular e PC em novembro.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes