Falcão e o Soldado Invernal: Conheça Isaiah Bradley e sua Trágica História

26/3/21

O segundo episódio de Falcão e o Soldado Invernal finalmente está disponível no Disney+ e os fãs que assistiram o novo capítulo da saga pelo legado de Steve Rogers foram pegos de surpresa com a revelação de um personagem desconhecido por grande parte da fanbase da Marvel, Isaiah Bradley.

Isaiah Bradley é um personagem que existiu realmente nas HQs e assim como na série de Falcão e o Soldado Invernal também é um super soldado criado durante a segunda guerra mundial, mas há um forte motivo para que o personagem se mantivesse oculto das maiores batalhas do Universo 616 e com tristes inspirações em fatos reais, para contar a história do personagem precisamos primeiramente contextualizar os fatos que levaram a sua criação em 2003.

A trajetória do personagem é fortemente marcada pelo racismo e inspirada em acontecimentos da vida real que mostram um lado muito mais cruel que a excelente e ousada cena entre Sam e os policiais que o repreendem durante a discussão com Bucky (um aceno sutil à forma como a comunidade negra é tratada pelo braço opressor do governo).

Qualquer pessoa que estude sobre história negra e história americana conhece alguns fatos revoltantes sobre o país e a forma como o governo tratou sua comunidade negra durante um passado recente, que reverbera até hoje, e entre histórias como o assassinato de Emmett Louis Till (se não conhece, pesquise) uma das mais revoltantes é um "estudo" promovido pelo Serviço de Saúde Pública e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças em 1932.

Em parceria com o Instituto Tuskegee, os órgãos desenvolveram uma pesquisa onde aplicaram o vírus da Sífilis em 399 pacientes negros que se voluntariaram para a realização de teste de medicamentos, porém foram deliberadamente contamiados com a doença sem saberem a que estavam sendo submetidos.

O estudo antiético foi encerrado apenas nos anos 70, cerca de quarenta anos depois, quando estas atrocidades vazaram ao grande público que passou a questionar os métodos e pressionar os órgãos para que encerrassem os testes, durante todos estes anos, os pacientes infectados haviam recebido tratamento médico gratuito, mas sem nenhuma eficácia, já que o intuito não era curar a sífilis, mas sim observar seu desenvolvimento em pessoas negras.

Embora nos dias de hoje sabemos que o tratamento para sífilis é simples e consiste apenas em duas aplicações de Penicilina G benzatina (a famosa Bezentacil), se não for tratada pode evoluir para formas mais agressivas, chegando a manifestar nos infectados delírios, alucinações, diminuição da memória recente, da capacidade de orientação, de realizar cálculos matemáticos simples e de falar quando há perda parcial da motricidade.

Isaiah Bradley

Cronologicamente, o personagem foi o primeiro a assumir o manto de Capitão América após Steve Rogers, porém Bradley foi criado em 2003 por Robert Morales após ouvir o editor da Marvel na época, Axel Alonso falar sobre o Estudo de Tuskegee e sugerir a criação de um personagem que refletisse a história estadunidense e as atrocidades esquecidas que deveriam ganhar mais destaque para que sirva de exemplo à gerações futuras que terão a responsabilidade de não deixá-las se repetir, levando então à triste história de Isaiah Bradley.

Aparecendo primeiramente em Capitão América: Verdade – Vermelho, Azul e Negro, Isaiah se alistou no exército após o ataque à base de Pearl Harbor durante a segunda guerra mundial, evento que forçou a entrada dos Estdos Unidos no conflito e usado como propaganda para recrutar novos voluntários às forças armadas estadunidenses no período.

O governo então selecionou cerca de 300 soldados negros com o objetivo de recriar o soro do super soldado que concedeu os poderes à Steve Rogers. Por fazerem parte de um projeto secreto do governo, o restante do pelotão majoritariamente negro foi assassinado e suas famílias comunicadas como se os mortos e cobaias tivessem sido abatidos em combate.

Dentre as cobaias, apenas 5 soldados sobreviveram, mas pagando um preço muito alto pela sobrevivência, muitos deles sofreram deformações e outros males, sendo mortos em combate durante uma missão mal sucedida. Do quinteto, apenas Isaiah sobreviveu sem nenhuma sequela aparente e retornou desta missão, mas acabou sendo designado à outra tarefa que envolvia o assassinato de um cientista alemão chamado Dr. Kosh, que estava próximo de desenvolver o mesmo soro e assim fortificar o exército nazista.

Isaiah parte para a missão, mas antes rouba o uniforme e o escudo de Steve Rogers como o Capitão América, porém, após assassinar o cientista, Bradley acaba sendo capturado pelo exército nazista, passando por diversos experimentos e outras atrocidades, até que um grupo de rebeldes alemães contra o regime acabam resgatando o soldado que decide regressar à um acampamento do seu exército compatriota.

Ao chegar no acampamento Isaiah é considerado um traidor e preso por roubar o uniforme e escudo do Capitão América, sendo preso em 1943, condenado à prisão perpétua em uma solitária, devido seu ato audacioso e sua grande força, pois a solitária consegue conter o corpo do soldado e isolar outros detentos de sua influência revolucionária e afrontosa.

Sua esposa chamada (ironicamente de) Faith (fé, em inglês) é quem consegue libertar seu marido dos grilhões da prisão, pois nunca acreditou que ele realmente havia morrido em ação e após muitos anos de investigação e persistência enviando diariamente cartas à Casa Branca, o presidente Eisenhower decretou o perdão de Isaiah Bradley, porém anos de experimentos nos campos nazistas e décadas de isolamento em uma prisão estadunidense causaram danos irreparáveis à saúde mental do personagem que mesmo reverenciado por toda a comunidade negra de super-heróis dentro do Universo Marvel, acaba por agir como uma criança.

Legado

Seu sobrinho Elijah, creditado na série como Eli, inspirado pela história de seu avô passa a usar o manto de Patriota, fundando ao lado de outros heróis os Jovens Vingadores, o heroísmo do rapaz é notavel, o tornando capaz de pular na frente de uma bala por Steve Rogers e ganhando os poderes de seu avô durante a transfusão de sangue necessária após seu feito.

Como sabemos, WandaVision apresentou Wiccano e Célere, Homem-Formiga e Vespa mostrou o interesse de Cassie pela carreira heróica e com a confirmação da série de Ms Marvel e Gaviã Arqueira Kate Bishop, podemos esperar uma adaptação dos Jovens Vingadores em breve.

Falcão e o Soldado Invernal segue disponível no Disney+, e Isaiah Bradley é magestosamente interpretado por Carl Lumbly.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes