Ex Presidente da Nintendo diz que Switch foi Produto Mais Arriscado da Empresa

1/2/21

Fãs da Nintendo já conhecem a empresa por seus consoles ousados e decisões arriscadas, o que garantiu muitas plataformas icônicas, tanto em portáteis quanto consoles de mesa.

Dentre os consoles mais icônicos da Nintendo podemos citar o 3DS, Nintendo 64, GameBoy, Game Cube e o console mais revolucionário da empresa, o Nintendo Wii. Obviamente por se arriscarem, algumas decisões não foram tão bem recebidas pelo público pelo alto preço ou simplesmente por não agradarem.

Antes de continuar, dê uma olhada em nossa Camiseta oficial com design exclusivo.

Dentre os consoles que mais desagradaram os nintendistas podemos citar o antecessor do Nintendo Switch, o WiiU. O console veio para substituir o Nintendo Wii, o que não seria uma tarefa fácil, já que a plataforma foi inovadora para sua época, com controles sem fio e com sensores de movimento, permitindo que os jogadores não só aprovveitassem seus jogos, mas que se movimentassem com eles.

O WiiU por outro lado substituiu os controles móveis por um grande e desajeitado tablet que não espelhava sua tela e não conseguia ser usado como portátil, algo que facilmente poderia ser resolvido com uma conexão entre o Wii e o DS, usando o portátil como controle e suas telas como parte interativa dos games.

O fracasso de venda foi tamanho que a Nintendo perdeu muito dinheiro e chegou até mesmo a excluir o WiiU de seu relatório financeiro e projeções futuras, mencionando que o Switch foi uma evolução direta do Wii e do 3DS (saiba mais). Muitos acreditavam que o fracasso de vendas da plataformas resultaria em uma grave crise que levaria à Nintendo à falência ou obrigaria seus executivos a tomarem medidas desesperadas.

De fato uma crise tomou conta da Nintendo que apostou todas as suas fichas em um projeto ousado e inovador na esperança de se aproximar das impressionantes 106 milhões de unidades vendidas como seu último sucesso, o Nintendo Wii, e este projeto viria a se tornar o Nintendo Switch.

Em entrevista à New York Gaming Awards, Reggie Fils-Aime, o ex-presidente da Nintendo of America comentou sobre sua participação na criação do Nintendo Switch e relembra com orgulho do processo de desenvolvimento do produto.

“Acho que o que a Nintendo fez com o Switch, depois do fraco desempenho do Wii U, acho que para mim e do que fiz parte, essa é minha memória duradoura”

Ele também comentou como o Nintendo WiiU "teve um baixo desempenho no mercado" e como isso foi fundamental para aumentar a importância do lançamento do Nintendo Switch, comentando sobre a necessidade de se ter boas vendas ele descreve os temores da empresa após o desempenho do sucessor do Wii.

“E quando seu único negócio são os videogames, o próximo passo é o sucesso e o Switch continua a ser uma plataforma dinâmica - vendendo excepcionalmente bem junto com muitas das outras coisas das quais eu fazia parte, mas o Switch realmente era um produto decisivo para a empresa e, felizmente, foi um sucesso.”

Basicamente Fils-Aime descreveu o Nintendo Switch como algo fundamental para a vida da Nintendo no mercado de jogos eletrônicos, do tipo de protudo que é tudo ou nada e poderia custar a falência da empresa de uma vez por todas, felizmente não vimos isto acontecer, mas devemos lembrar que decisões erradas já custaram muito à grandes empresas do passado como Sega e Atari, que foram de líderes de mercado à empresas obsoletas e ultrapassadas.

Felizmente o Nintendo Switch atualmente vendeu cerca de 77 milhões de unidades em todo o mundo ultrapassando as 14 milhões de unidades do WiiU em poucos dias. Grande parte de seu sucesso foi a versatilidade de ser um console portátil e de mesa, ao mesmo tempo que seu Joy-Con possa ser dividido entre jogadores para que possam aproveitar games Multiplayer e Co-Op.

Há rumores que sugerem que ainda este ano uma versão ainda mais potente do Nintendo Switch chegará no mercado para rivalizar com os consoles de nova geração (saiba mais).

Por: PhMordred

As notícias mais quentes