Ex Dev da Sony Afrima que Empresa Possui "Contra-Ataque" ao Game Pass

11/4/21

Atualmente o serviço da Microsoft disponível apenas para PCs e Xbox não possui concorrência igualmente forte no mercado de jogos eletrônicos, oferecendo não apenas um grande catálogo de jogos por um preço acessível, mas também muitas vezes fornecendo jogos no primeiro dia de lançamento na plataforma sem custos adicionais ou por um custo muito menor que as lojas virtuais da própria Microsoft.

O PlayStation Now é outro serviço que está vindo para concorrer com o Xbox Game Pass, porém, por ainda estar em estágios iniciais se comparado com seu concorrente, a plataforma ainda não oferece uma grande quantidade de jogos e não está disponível em todos os países em que a plataforma concorrente está.

Porém, segundo o ex-desenvolvedor da Sony, David Jaffe, disse em transmissão no YouTube no último dia 8 (que você confere abaixo), a empresa possui uma carta na manga que promete ser um contra-ataque ao Game Pass, ele ainda não tem informações sobre lançamentos e estratégias para a plataforma, mas o desevolvedor de God of War e Twisted Metal disse que será algo grande.

Segundo o portal GameSpot, esta não seria a primeira vez que a Sony - ou alguém com informações - lançou um serviço PlayStation que desafiaria o Game Pass. Em novembro, o CEO da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, disse que havia "novidades por vir" sobre os planos de competir com o Game Pass.

Um modelo semelhante ao Game Pass seria muito difícil de implementar à Sony, pois inicialmente seria muito caro e inviável aos novos assinantes chegando a custar cerca de US$ 100 em alguns casos, segundo Jim Ryan.

Contudo, embora a declaração seja carente de grandes informações relevantes, é interessante ver que um desenvolvedor que não trabalha diretamente para a Sony desde 2007 aponte que a empresa realmente esteja trabalhando em algo para bater de frente com o Game Pass, que atualmente é o maior chamariz de novos consumidores à plataforma concorrente.

Por outro lado, não trabalhar para a Sony desde 2007 não impediu Jaffe de trabalhar com a Sony, já que o desenvolvedor possui diversos estúdios independentes e já trabalhou em outros jogos indies como Drawn to Death em 2017 antes do estúdio The Bartlet Jones Supernatural Detective Agency fechar em 2017.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes