DualSense: Após Microsoft e Nintendo, Sony sofre Processo coletivo por Drift no Analógico

15/2/21

No último ano vimos tanto Microsoft quanto Nintendo sofrerem processos coletivos devido problemas com os analógicos de seus Xbox Elite Controller e Nintendo Joy-Con respectivamentes (veja aqui).

As queixas eram de que os controles oferecidos pelas empresas sofriam com um problema comum chamado Drift, que consiste em ter seu analógico ativado mesmo sem movimentação, impactando diretamente na gameplay. Mesmo que as alavancas direcionais estejam posicionadas ao centro, seu personagem pode se movimentar ou mover a visão para um dos lados, exigindo que você corrija seu curso constantemente.

Antes de continuar, confira nossa Caneca oficial com design exclusivo.

Parece que agora é a vez da Sony sofrer o mesmo processo que suas concorrentes, pois embora seja um problema "simples" ele poderia ser corrigido, ou alertado, mas os consumidores continuam pagando o preço total pelo DualSense sem nenhuma garantia de manutenção gratuita por parte do fabricante.

Na última semana era especulado que o escritório de advocacia Chimicles Schwartz Kriner & Donaldson-Smith LLP estaria estudando a possibilidade de abrir um processo coletivo contra a Sony devido os problemas citados anteriormente, porém houve a confirmação que o pedido de processo contra a empresa foi protocolado em 12 de fevereiro, no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York em nome do demandante Lmarc Turner e "todos os outros em situação semelhante".

De acordo com o portal GamesIndustry.biz, que possui uma cópia da ação coletiva, o processo argumenta que o DualSense apresenta natualmente o defeito de Drift e que "o controlador pode registrar a entrada dos manípulos analógicos mesmo quando um jogador não os está usando."

"Como resultado das práticas comerciais injustas, enganosas e/ou fraudulentas da Sony, os proprietários de controles DualSense, incluindo o Requerente, sofreram uma perda verificável, lesão de fato e de outra forma foram prejudicados pela conduta da Sony. Consequentemente, o Requerente traz esta ação para reparar as violações da Sony dos estatutos estaduais de fraude ao consumidor, quebra de garantia e enriquecimento sem causa. O Requerente busca reparação monetária pelos danos sofridos, medida declaratória e medida cautelar pública."

Por enquanto a Sony não se pronunciou sobre o processo sofrido ou as medidas que irá (ou se irá) tomar para corrigir estes problemas, o DualSense segue disponível nas lojas por um preço sugerido de R$ 499,00.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes