CyberLista: Personagens LBGTQIA+ dos Jogos

17/11/20

Já se passou quase um mês desde que postamos nossa CyberLista: Personagens Trans nos Games, contando um pouco sobre a história dos personagens transgênero no mundo dos jogos eletrônicos, e como as abordagens foram mudando com o passar dos anos, desde a mudança de sexo de personagem, pois "bater em mulher é errado, mas em travestis sim" era um dos conceitos empregados no início, porém, após o passar dos anos a aceitação e representação digna desses personagens evoluíram para uma experiência mais correta e bem aceita ao público em geral e sobretudo, à comunidade LGBTQIA+.

Devido diversas sugestões vindas de nossos leitores, decidimos fazer uma continuação, mas desta vez com personagens que representam a cultura LGBTQIA+ e que merecem sua atenção e conhecimento.

Krem - Dragon Age: Inquisition (Transgênero)

Foto: BioWare

Iniciando por alguns personagens transgêneros, e não há melhor personagem para começar do que Krem, um dos personagens mais queridos de Dragon Age: Inquisition, ele possui uma história rica e bem estruturada, ganhando destaque no mundo dos jogos e sendo odiado por transfóbicos.Dentro da franquia Dragon Age, ele foi o segundo personagem abertamente trans a ser representado, sendo o primeio Maevaris Tilani de Dragon Age Library Edition Volume 1. Krem é um ex soldado das forças militares do Império Tevinter que integrou à companhia mercenária Bull's Chargers liderada por Iron Bull, irmão de batalha de Krem. Krem é um homem transgênero e é dublado pela atriz canadense Jenifer Hale que possui diversos créditos como dubladora em filmes (Star Wars: A Ascensão Skywalker) e desenhos animados (DC Comics, Meninas Superpoderosas e Três Espiãs Demais).

Frisk - Undertale (Gênero Neutro)

Foto: Nintendo

Undertale é um jogo onde você controla Frisk e possui o objetivo de fugir do submundo e chegar à superfície, para isso você terá que escolher algumas ações que impactam diretamente no final do jogo. O personagem principal deste game é Frisk, que muitas pessoas considereram e interpretam seu gênero como masculino, feminino, neutro ou fluido.De qualquer forma, Frisk não possui nenhuma característica que aponte para um gênero específico, sendo apenas um personagem com um nome e um objetivo dentro do jogo, mas com ações e escolhas que enriquecem sua história e o fazem ter uma legião de fãs.

Vivian - Paper Mario: The Thousand-Year Door (Transgênero)

Foto: Nintendo

Vivian é uma fantasma que inicia Paper Mario como antagonista, mas logo se põe ao lado do protagonista do game, além de servir como personagem de apoio, ela possui um background rico por trás de sua aparição no game. A fantasminha possui uma irmã transfóbica que sempre a insulta quando estão próximas, isso foi alterado para a versão em inglês do jogo, que além de encobrir e alterar esta relação familiar tóxica, alterou o gênero da personagem que embora seja uma fantasma é apresentada como cisgênero.Mesmo com estas mudanças, a personagem é sempre lembrada e listada como uma das melhores personagens LBGT dos games e honrada com carinho pelos fãs.

Trevor Philips - Grand Theft Auto V (Bissexual)

Foto: Rockstar Games

Trevor talvez seja o personagem mais inusitado desta lista justamente por ter diversas características que o fariam passar por um heterossexual, e por relacionamentos que de fato faz todos acharem que ele é hétero, porém, mesmo em GTA V há diversos indícios de sua bissexualidade e de sua liberdade sexual.Trevor Philips é um personagem que não se prende a rótulos ou padrões, fato que se torna mais explícito a medida que avançamos na campanha principal de Grand Theft Auto V, por exemplo, dos três protagonistas homens, Trevor é o único habilitado a usar vestidos femininos e há um momento após o final da história que trevor chega em casa e confronta sua mãe que retorna depois de um longo tempo em cárcere e a sua genitora faz diversas insinuações sobre sua sexualidade, fora isso há outros momentos peculiares onde ele chama um homem para transar e ao contar de forma lúdica sua história com Michael, ele se põe como um troll menino com nome feminino.

Bretta - Hollow Knight (Pansexual)

Foto: Team Cherry

Hollow Knight possui um protagonista não binário, mas o jogo em si possui uma diversidade sexual muito grande e por isso decidimos escolher um personagem que possui uma sexualidade quase que esquecida (ou mal interpretada) até mesmo dentro da comunidade LGBTQIA+.

Bretta (aquela personagem simpática da imagem que está sentada em um banco), é uma Quest NPC, ou seja, mesmo não sendo jogável, ela possui uma importância dentro da história ao entregar uma missão ao protagonista. Ela é um besouro que procura por um salvador e acaba tendo uma quedinha pelo cavaleiro após ser salva, mas ela muda de crush durante o game se apaixonando por Zote, que se torna seu companheiro.

Ainda existem diversos personagens incríveis dentro da comunidade LGBTQIA+ que merecem estar em uma terceira parte da lista e que precisam ser conhecidos. Futuramente lançaremos outra parte, mas se quiser dar mais dicas deixe em nossas redes sociais comentários sobre quais outros personagens merecem destaque.

Não perca nossos Podcasts - CyberPod:The Last Of Us Part 2 Merece seu hate?;

Mulheres no Mundo dos Games;

Mimimi dos Gamers.

Agradecimentos aos leitores que indicaram jogos e personagens: Pedro Rodrigues, Than Kallinka Lemos, Luis Guilherme, Tito Henrique.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes