Black Myth: Wukong - Indie que Impressionou Ganha Mais 12 Minutos de Gameplay

22/8/21

Um novo vídeo de teste de jogo contendo nada menos que 12 minutos Black Myth: Wukong foi publicado e não é menos impressionante do que o trailer do primeiro anúncio que quebrou a internet em 2020 (veja aqui), aparentemente os desenvolvedores conseguiram captar mais inverstimentos e aumentar a equipe, que até o ano passado contava com um orçamento limitado e poucos desenvolvedores. As imagens mostram Black Myth rodando no Unreal Engine 5 e a 4K / 60 FPS com o ray-tracing da Nvidia e a tecnologia DLSS, que conforme já explicamos em diversos CyberPods (se você ainda não ouviu, veja ao final de nossa Home).

O novo vídeo mostrando o teste de jogabilidade mostra a ambientação em um local totalmente diferente do primeiro vídeo. O protagonista Sun Wukong atravessa uma paisagem de neve em vez de uma área florestal como visto nos materiais do ano passado, a exploração no novo local acaba o levando a efeitos de batalha interessantes e física de neve impressionante. Quando um monstro ataca e corta a neve, o impacto visual do golpe é conhecido como o * beijo do chef *. A luta do chefe aos 3:30 demonstra melhor as interações do modelo do personagem com o solo nevado.

Também podemos ver melhor como os desenvolvedores de Game Science irão incorporar os movimentos característicos de Wukong em Black Myth. Aos 8:49 no trailer divulgado, por exemplo, o cajado de Wukong fica maior conforme ele dá o golpe final em um dragão inimigo, sendo uma referência à estender sua arma lendária (金箍棒 Cajado Dourado) para qualquer tamanho que é uma habilidade característica no mito clássico (inspirando outras obras como a primeira fase de Dragon Ball, que possui forte inspiração no mito chinês. Alguns de seus outros talentos especiais presentes no conto original incluem mudança de forma, clonagem de si mesmo em muitas cópias e, claro, voar em uma nuvem dourada.

Conforme revelado pelo analista Daniel Ahmad, Wukong poderá contar com um total de 72 habilidades à disposição do jogador.

Journey to the West, ou Jornada ao Oeste recebeu várias adaptações em diferentes mídias. E agora podemos contar com um corajoso jogo AAA (entenda a definição) inspirado em Dark Souls e com elementos de Sekiro. Mostrando a adaptação do fantástico mito do Rei dos Macacos e juntando-se às demais obras a beber desta fonte. O game apresenta uma confluência inesperada de identidades visuais, mitologias e estilo de jogo, mas tanto quanto as imagens de jogo lançadas mostram é animador e visualmente muito impressionante.

Por: PhMordred

As notícias mais quentes